A nova ordem do movimento sindical

Por: admin | 20/12/2018

Após um ano de implantação da reforma trabalhista, os sindicatos econômicos e profissionais tiveram que se adaptar e criar uma nova ordem do movimento sindical brasileiro. Com a faculdade do imposto sindical, maior fonte de renda das entidades, os sindicatos tiveram que desenvolver novas formas de custeio. Além disso, tiveram que se aproximar das suas bases para sentir as necessidades e demandas essenciais da categoria.

Em uma visão otimista, podemos afirmar que as entidades sindicais ganharam mais importância para a categoria. Muitos trabalhadores podem não concordar com essa firmação, porém, o volume de questionamentos, orientações, dúvidas que chegam aos sindicatos, ainda é muito grande, ou seja, mesmo diante das dificuldades, mesmo diante dos desafios, a classe trabalhadora ainda procura o sindicato da sua categoria em busca de orientações sobre reajuste salarial, orientações sobre cálculos trabalhistas e sobre direitos relacionados ao trabalho.

A visitação aos locais de trabalho, tem duas finalidades, a primeira é o contato com os profissionais, ocasionando na criação de uma relação de confiança com a base. E a segunda é constatação in loco das condições de trabalho dos profissionais. O que pode, ocasionalmente, produzir denuncias aos órgãos de fiscalização do trabalho. É notório que as redes sociais são um excelente meio para divulgar informações, porem, não substitui o contato pessoal e individual. Uma boa conversa ou a simples presença da diretoria no campo, estimula uma segurança profissional junto as entidades sindicais. Portanto, a nova ordem do movimento sindical pode ser resumida na relação de confiança entre o sindicato e a sua base profissional. Boas visitas!

*Anderson da Silva Adão – Presidente do Sindicato dos Farmacêuticos do Município do Rio de Janeiro.

Fonte: Feifar

Gostou dessa matéria?! Use os botões de compartilhamento.

Deixe seu comentário



Artigos

Twitter

Logo Feifar-3_branco

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DE FARMACÊUTICOS

CNPJ 03.297.311/0001-52 CÓDIGO SINDICAL 012.517.00000-1

SEJA FILIADO A FEIFAR