O Sindicato dos Farmacêuticos de Rondônia – SINFAR-RO, encaminhou proposta de convenção coletiva de trabalho para o sindicato patronal que representa o segmento econômico das farmácia e drogaria naquele estado. Entre as propostas apresentadas estava as seguintes propostas:

1) Reajuste salarial pelo INPC + 3% aumento real;

2) PLR de 1 (um) piso salarial;

3) Tíquete alimentação – aumento diferenciado pra jornada de 36h, proporcional ao aumento diferenciado de 2018, para uma política de equiparação gradativa, assegurando em 2019 um acréscimo de R$ 1,00, após o reajuste, que é proporcional ao praticado em 2018;

4) Adiantamento de 40% do salário até o 15º dia, sendo opcional e facultativo para o farmacêutico;

5) Auxílio-funeral;

6) Auxílio-creche;

7) Auxílio por filho excepcional;

8) Homologação virtual – empresa enviará ao SINFAR por e-mail o Termo de Rescisão, para prévia conferência;

9) Acesso à medicamentos com prescrição médica, com subsidio gradativa de: 80% para o piso 4; 60% para o piso 3; 50% para o piso 2 e 40% para piso 1;

10) Dirigente sindical abono de ausências, limitadas a 30 dias ano para desenvolvimento de atividades sindicais, quando convocados pelo sindicato, com antecedência de 72 horas;

11) Desconto de mensalidade autorizada individualmente pelo empregado e repasse ao sindicato;

12) Seguro de vida;

A Diretoria do SINFAR-RO, vai aguardar a manifestação do sindicato patronal para iniciar as rodadas de negociações.

Fonte: SINFAR-RO e FEIFAR.