Feifar articula para garantir direitos dos farmacêuticos após a reforma trabalhista

Renato Melo – Presidente da Feifar

A reforma trabalhista, aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente Michel Temer no mês de julho, ainda não foi assimilada em sua totalidade por boa parte dos trabalhadores do Brasil. As mudanças na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) foram realizadas sem o aprofundamento do diálogo, necessário em qualquer medida que afete a vida de tantos cidadãos.

Quase todos os pontos da CLT tiveram o texto original alterado e, considerando as brechas jurídicas, seria necessário muito mais do que um artigo para detalhar os problemas que os trabalhadores podem ter com a nova lei. Em resumo, a reforma autoriza o empregador a negociar direitos que antes, para proteger o trabalhador de abusos de poder por parte dos empregadores, eram inegociáveis.

Benefícios como: remuneração de horas extras, adicional de férias, seguro desemprego, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), dentre outros, não foram retirados, mas agora podem ser negociados. Com a lei flexível, em uma negociação entre empregador e empregado, o que garantirá ao trabalhador que ele saia beneficiado? Em negociações individuais, certamente, o mais forte prevalecerá.

Ainda há muito a ser esclarecido a respeito das mudanças, mas já está claro que diante do novo cenário da legislação trabalhista no país, o trabalhador que não contar com o seu sindicato para negociar coletivamente, estará fragilizado diante da lei.

A reforma trabalhista estará em vigor no mês de novembro e, por enquanto, fica como está. O momento é de buscar a garantia dos direitos dos farmacêuticos, diante do cenário de insegurança. A Feifar está articulando com os sindicatos da base, demais federações, confederações, centrais sindicais e com o departamento jurídico da entidade os melhores mecanismos para garantir a manutenção dos direitos dos farmacêuticos diante da reforma trabalhista no país.

Procure o sindicato do seu estado e informa-se sobre as medidas que estão sendo tomadas. A Feifar também está de portas abertas para receber as dúvidas e prestar todos os esclarecimentos à classe. No nosso site, você encontra todos os nossos contatos.

Deixe seu comentário



Artigos

Twitter

Logo Feifar-3_branco

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DE FARMACÊUTICOS

CNPJ 03.297.311/0001-52 CÓDIGO SINDICAL 012.517.00000-1

SEJA FILIADO A FEIFAR