Participação dos farmacêuticos nas Convenções Coletivas podem ampliar as melhorias das condições de trabalho

Buy Alprazolam 0.5 Mg O artigo 7º da Constituição Federal, garante que o reconhecimento das Convenções Coletivas de Trabalho (CCT’s) são direitos dos trabalhadores urbanos e rurais. A elaboração e negociação das CCT’s são atribuições legais dos sindicatos representantes dos trabalhadores, mas a participação dos profissionais no processo é fundamental para que as CCT’s ofereçam segurança jurídica, nas mais diversas questões das relações de trabalho.

http://buildmate.com.sg/product/hasp-self-locking/ Mudanças estruturais, tecnológicas, culturais, dentre outros fatores comuns ao desenvolvimento humano e social, podem interferir nas relações de trabalho. Os sindicatos precisam ter conhecimento das situações vivenciadas no dia a dia dos farmacêuticos, que precisam ser incluídas nas propostas das CCT’s.

Buy Klonopin 60 Mg “As diretorias dos sindicatos, orientadas pelas assessorias jurídicas, têm conhecimento dos itens básicos que compõem uma Convenção, mas a participação da classe garante a inclusão, nas revisões anuais, das novas questões que naturalmente vão surgindo ao longo dos anos”, destacou o presidente da Federação Interestadual dos Farmacêuticos (Feifar), Renato Melo.

http://buildmate.com.sg/product-tag/compound/ A participação de todos os profissionais, da categoria em questão, na elaboração da CCT está garantida pelo Artigo 611 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Informe-se com o seu sindicato sobre seus direitos de participação e acompanhamento de todas as etapas das negociações.

Deixe seu comentário

Buy Phentermine Yellow 30 Mg



Artigos

Twitter

Logo Feifar-3_branco

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DE FARMACÊUTICOS

http://buildmate.com.sg/product/tile-fix-303-emix/ CNPJ 03.297.311/0001-52 CÓDIGO SINDICAL 012.517.00000-1

SEJA FILIADO A FEIFAR