Home

Seja bem vindo(a) a Feifar

Somos uma entidade sindical de segundo grau, com prerrogativas constitucionais de representar os interesses individuais e coletivos da categoria farmacêutica, pelo fortalecimento dos sindicatos da nossa base de representação.

Contribua com esse trabalho

Com a sua ajuda, a Feifar continuará prestando orientações e assistência aos farmacêuticos(a) e entidade sindicais profissionais, para que sejam fortalecedidas, independentes e autonomas.

Faça parte dessa história, contribua com apenas R$ 5/mês e receba o nosso informativo excluviso para assinantes com conteúdo em primeira mão, dicas, novidades, concursos e jurisprudências relacionadas ao trabalho farmacêutico.

Serviços para entidades sindicais.

Administrativo

A organização administrativa deve ser uma das prioridades das entidades sindicais. A atualização estatutária para atender as constantes alterações da legislação que regem os segmentos representados, fazem com que os sindicatos, obrigatoriamente, planejem as suas estratégias. Além da elaboração de editais, atas, listas de presença, processos eleitorais, assembleias gerais e cadastro de associados, empregadores e escritórios de contabilidade.

Financeiro

As constantes alterações na legislação trabalhista, forçaram os sindicatos a buscarem novas fontes de custeio. A oferta de serviços é uma ótima opção para que os sindicatos tenham um aumento do seu quadro social. Os convênios com prestadores de serviços e produtos, onde os associados e seus dependentes terão descontos e facilidades, tais como lojas de roupas, academias, clínicas e consultórios, hotéis, escolas, creches, clubes e uma série de outros serviços.

Jurídico

Uma assessoria jurídica tanto para a área administrativa, como para atender as demandas da entidade sindical e dos associados, é um dos serviços que gera maior interesse da categoria. A maioria das vezes causadas por constantes descumprimento da legislação trabalhista por parte de empregadores e gestores públicos.

Comunicação

A comunicação das entidades sindicais com a base é um assunto relevante, uma vez que a representação deve, obrigatoriamente, informar as categorias sobre as ações e demandas da profissão. A elaboração de editais, atas, expedientes, comunicados, notificações, ofícios, matérias e demais conteúdos para os sites e mídias sociais fazem da comunicação um importante pilar para o movimento sindical.

Qual a importância dos Sindicatos profissionais?

Os sindicatos são as entidades responsáveis pelas melhorias das condições de trabalho e salários, além de defender os interesses individuais e coletivos da categoria profissional e de trabalhadores.

Os sindicatos são organizações de representação dos interesses dos trabalhadores, criadas para compensar o poder dos empregadores na relação contratual sempre desigual e reconhecidamente conflituosa entre capital e trabalho.

Caracteristicas da Relação de Emprego

Os sindicatos são organizações de representação dos interesses dos trabalhadores, criadas para compensar o poder dos empregadores na relação contratual sempre desigual e reconhecidamente conflituosa entre capital e trabalho.

O art. 3º da CLT, o qual estabelece que: “Considera-se empregado toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual à empregador, sob a dependência deste e mediante salário”.

O art. 2º da CLT que: “Considera-se empregador a empresa, individual ou coletiva, que, assumindo os riscos da atividade econômica, admite, assalaria e dirige a prestação de serviços”.

Desse modo, a relação de emprego apresenta como requisitos:

I. Pessoalidade: significa que o contrato de trabalho possui o título de “intuito personae”, que será realizado por uma única pessoa, sendo o empregado insubstituível por outro.

II. Onerosidade: significa todo o contrato de trabalho deverá ter o cunho oneroso, em que empregado ficará obrigado a prestar os serviços ao empregador sendo que, por esta prestação de serviço, será remunerado.

III. Não-Eventualidade: conhecido como continuidade, a não-eventualidade significa que o trabalho será prestado de forma não eventual, no qual o empregado prestará o seu serviço de forma contínua.

IV. Subordinação: é caracterizada pelas ordens que o empregador dirigiu ao empregado, para que ele cumpra as ordens a ele dadas.

V. Alteridade: a assunção dos risco do negócio não serão suportados pelo empregado.

Agora que você conhece um pouco do nosso trabalho.

Venha conhecer o que podemos fazer pelo sindicato dos farmacêuticos do seu Estado. Escola a forma de contato.

Fale conosco

Localização

SHN Quadra 02, Bloco F, N° 87, Sala Parte “H”, Ed. Executive Office Tower – Brasília/DF, CEP: 70.702-906.

feifar@feifar.org.br

+55 61 99398-8470