Alerta sobre os riscos dos contratos de prestação de serviços

Nos últimos anos vem crescendo a modalidade de contrato de farmacêutico como prestador de serviços autônomo. Ocorre que essa modalidade de contratação não cabe aos farmacêuticos devido à natureza das suas atividades em farmácias, drogarias, hospitais, clínicas e laboratórios, públicos ou privados. O artigo 3º da Consolidação das Leis do Trabalho, considera como EMPREGADO todaContinuar lendo “Alerta sobre os riscos dos contratos de prestação de serviços”