A necessária responsabilização do INSS no afastamento da empregada gestante

Criada com o objetivo de preservar a saúde das mulheres gestantes e de seus filhos, a Lei 14.151/2021, publicada em maio, pecou ao não dispor sobre os casos nos quais não é possível o trabalho remoto, trazendo insegurança jurídica, prejuízo às empresas e colaborando para a discriminação com as mulheres, especialmente as grávidas, no ambienteContinuar lendo “A necessária responsabilização do INSS no afastamento da empregada gestante”

O trabalhador hipersuficiente e a liberdade para a negociação de seus contratos de trabalho.

O Direito do Trabalho possui como um de seus “pilares de sustentação” o Princípio da Proteção, através do qual se reconhece a existência de uma histórica relação de desigualdade de forças entre “patrão” e empregado, reivindicando, por isso, a necessidade de correção desta distorção mediante a proteção do trabalhador – parte hipossuficiente e mais vulnerável.Continuar lendo “O trabalhador hipersuficiente e a liberdade para a negociação de seus contratos de trabalho.”

OIT recomenda que governo assegure direito à negociação coletiva

O governo brasileiro deve adotar medidas para garantir o direito de organização e de negociação coletiva, que fazem parte das convenções ratificadas pelo Brasil. A conclusão consta do relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) sobre a aplicação de normas internacionais do trabalho. A aplicação das normas vem sendo discutidas pela OIT desde 2017, duranteContinuar lendo “OIT recomenda que governo assegure direito à negociação coletiva”